Postado por Larissa Kiddo 2 Comments

Apesar do que muitos pensam, são dois estilos diferentes. Quando não conhecemos muito, parece a mesma coisa, mas existem várias diferenças. Aqui vai a descrição de Emo,From Uk , Punk e Gótico:

Emos:

Eles se inspiram no punk, são bastante ligados com a música e não têm preconceitos em relação à sexualidade. Os Emos são melancólicos, gostam de ter contato com os sentimentos mais íntimos que existem dentro de si e demonstram seus sentimentos sem vergonha: abraçam, beijam e ficam próximos daqueles que amam.

O visual dos Emos é bastante parecido com o dos góticos, mas com um quê de modernidade. Cabelos mais longos na frente do que atrás, franjas compridas que cobrem um dos olhos, muitas listras e acessórios coloridos parecidos com o dos (quase) falecidos clubbers.

Uma frase que descreve bem os Emos e é encontrada em diversos sites é: “Emo: como um gótico, só que menos dark e mais Harry Potter”.

From UK:

É o estilo criado pelo brasileiro Hashii Stanfor –pelo menos é o que dizem na internet – em 2005. O garoto se baseou nos gringos do Scene Kids e juntou outras tendências e coisas que gostava. Algumas pessoas dizem que os From UK são a evolução dos Emos, outros, que é um estilo totalmente independente.

Cabelo armado, com arrepiado e franja, além de algumas partes coloridas. Olhos com bastante delineador preto para as meninas e pó branco para os meninos. Os garotos From UK não são maquiados como os Emos. Calças justas e coloridas, camisetas divertidas e casacos com pelo falso. Nos pés, Nike Dunk, All Star branco, botas plataformas e scarpins.

Essa galera ainda troca os nomes de batismo por apelidos mais descolados e que garantes a popularidade na internet!


http://educacaoeaprendizagem.com.br/blogs/jovempet/files/2010/07/punk-commodity.jpg

Punk:

A moda Punk é, junto à música, o aspecto cultural mais característico e evidente do punk. O termo moda, no entanto, não é bem aceito pela maioria dos punks e influenciados pela cultura punk pois é entendido estritamente como modismo, aceitação social, comércio e/ou mera aparência. Costuma-se empregar o termo estilo, com o significado de "roupa como afirmação pessoal" (apesar deste também ser um dos significados da palavra moda), ou mais comumente ainda o termo visual, utilizado em quase toda a cultura alternativa brasileira, não somente no meio punk.

O estilo punk pode ser reconhecido pela combinação de alguns elementos considerados típicos (alfinetes,patches, lenços à mostra no bolso traseiro da calça, calças jeans rasgadas, calças pretas justas, jaquetas de couro com rebites e mensagens inscritas nas costas, coturnos, brincos, tênis converse, correntes, corte de cabelo moicano,(colorido ou espetado, etc) ou Spike (espetado dos lados, atrás e em cima) e em alguns casos lápis ou sombra no olho, sendo esta combinação aleatória ou de acordo com combinações comuns à certos sub-gêneros punk, ou ainda o reconhecimento pode ser pelo uso de uma aparência que seja desleixada, "artesanalmente" adaptada e que carregue alguma sugestão ou similaridade com o punk sem necessariamente utilizar os itens tradicionais do estilo.

A moda punk, em sua maioria, é deliberadamente contrastante com a moda vigente e por vezes apresenta elementos contestadores ou ofensivos aos valores aceitos socialmente —no entanto um número considerável de punks e alguns sub-gêneros apresentam uma aparência menos chamativa (por exemplo o estilo tradicional hardcore). Há também indivíduos intimamente ligados a esta cultura que não têm nenhum interesse ou deliberadamente se recusam a desenvolver uma aparência punk, em geral motivados pelas diversas críticas que a moda punk recebeu durante sua história.


http://download.ultradownloads.uol.com.br/wallpaper/55602_Papel-de-Parede-Estilo-Gotico_1024x768.jpg

Gótico:
Dentro da sub-cultura gótica, há o que pode-se denominar como "esteriótipos visuais" das mais variadas referências Alguns aderem certos visuais propositalmente para "chocar",A cor Preta como tonalidade predominante acompanhada à uma postura tida como juvenil, é geralmente um arquétipo do mainstream. Sendo esta, uma limitação dos conceitos superficiais direcionados à massa no que diz respeito à sub-culturas urbanas derivadas do que chamam de "Rock". A cor preta, como representação estética, geralmente é acompanhada de uma, ou mais cores adicionadas de forma peculiar para compor os visuais dentro dos esteriótipos variantes do Gótico, ou seja, não sendo esta predominante, embora ainda sim, presente. Como simbolismo, a semântica pode variar de indivíduo para indivíduo, ou estar praticamente ausente, permanecendo como apenas questão de estética. A presença de adultos na sub-cultura especialmente a norte-americana e europeia é em grande escala, o que modifica os conceitos sobre a sub-cultura tratar-se de algo juvenil, visto que ainda preza-se pela censura conforme o que diz respeito às leis e normas básicas de todo e qualquer evento, festival e concerto.

Reações: 

2 Responses so far.

Postar um comentário