Postado por Larissa Kiddo 0 Comments

 Não é segredo pra ninguém q eu adoro Terror como diversão. E nada melhor do que isso que as casas mal assombradas de parques de diversões. Aqui no Brasil temos muito pouco disso, apenas algumas edições no fim do ano, concentradas em SP.

Mas nos EUA tem parques totalmente temáticos para o terror. Lá a diversão de terror é levada a sério. Então cada vez que acho uma casa dessas eu gosto de trazer aqui pra mostrar no MEDO B.

Hj eu achei as 4 Atrações mais assustadoras dos EUA... E estou começando a achar q a coisa está passando o limite da brincadeira...


4. House of Shock

"Há muitas coisas que nos fazem se destacar das outras atrações. Nós fazemos um show elaborado antes de você entrar, que apresenta uma história de Bem vs. Mal. O show combina uma projeção de luz e vídeo de alta tecnologia, atores e acrobatas e MUITOS efeitos pirotécnicos. Todo o paco de 40' consumido nas chamas do inferno! Nosso tema também é muito ocultista/Satânico, temas que as outras casas assombradas preferem evitar. Nós nos auto-proclamamos a "Casa Assombrada Interativa" o que significa que o consumidor pode virar parte do ato e toques acidentais podem e vão ocorrer."




3. CASA ASSOMBRADA EM NYC

O medo do desconhecido é o que torna esta atração única.
As instruções a seguir foram retiradas do site da casa, para maiores informações:

“Ninguém menor de 18 anos é permitido. E você não tem outra escolha a não ser andar sozinho pela casa.

Aviso: A Casa Assombrada é uma experiência interativa intensa, que dura aproximadamente 20 minutos por pessoa. Você não apenas anda - você vive o momento. E, sim, você será tocado.”

“1. FIQUE NO CAMINHO MARCADO O TEMPO TODO.
2. VOCÊ ESTARÁ SUJEITO A ALGUMAS AÇÕES (i.e. “sente-se”, “pare”, “ande”).
POR FAVOR, FAÇA EXATAMENTE O QUE FOR DITO. ISSO É PELA SUA SEGURANÇA.
SE VOCÊ NÃO SEGUIR AS INSTRUÇÕES - VOCÊ SERÁ CONVIDADO A SE RETIRAR.
3. NÃO TOQUE NOS ATORES
4. NÃO TOQUE NAS PAREDES
5. NÃO É PERMITIDO CONVERSAR DENTRO DA CASA.
ENTRETANTO, VOCÊ PODE GRITAR O QUANTO QUISER.
6. VOCÊ DEVE USAR A MÁSCARA PROTETORA E CARREGAR SUA LANTERNA DURANTE TODO O TEMPO.
(Nós vamos oferecer ambos os itens para você. Por favor, não traga seus próprios itens)
7. VOCÊ SERÁ INSTRUÍDO A RETIRAR SEUS SAPATOS E MEIAS. POR FAVOR, FIQUE PREPARADO PARA FAZÊ-LO.
8. VOCÊ DEVE ANDAR SOZINHO.”

Se você precisar de assistência médica enquanto estiver andando na casa e precisar sair, por favor grite a palavra "SEGURANÇA" o mais alto que puder. Fique onde você estiver, fique calmo, e alguém virá para levá-lo para fora. Uma vez que você chamou a "SEGURANÇA", não há reembolso e não há outra opção senão sair.

Uma casa assombrada tão maluca que você deve usar uma máscara protetora!

Video promo:



2. PESADELO DE UMA NOITE DE VERÃO (N/T: Parece idiota, mas é a tradução oficial da frase em inglês, por causa da brincadeira com o título A Midsummer Night’s Dream - Sonhos de Uma Noite de Verão, de Shakespeare).

Uma atração que é apenas para convidados, e você precisa ser maior de 18 anos!



Isso não é um filme de terror, isso é real! Você tem que viver a experiência!


1. MORTE

Morte é um evento assombrado que é ilegal para praticamente todo mundo. Não tem uma localidade específica. Pode acontecer onde quer que você seja instruído a ir. O texto que se segue é de um repórter que participou da experiência.
TD Mischke da City Pages
“Depois de comparecer, eu pude ver o porquê. Eu estava esperando entrar em um galpão abandonado, ou em uma casa desocupada, mas eu encontrei algo bem diferente das casas assombradas tradicionais. Depois de receber uma dica anônima me alertando o local e a hora, eu cheguei em uma intersecção no nordeste de Minneapolis, encontrando um terreno vazio. Eu mal havia saído do meu carro quando três homens grandes com máscara apareceram por trás de mim e jogaram um capuz sobre a minha cabeça, e me levaram até o porta-malas de um sedan. Os auto-falantes do banco de trás estavam explodindo com heavy metal, e no porta-malas, junto de mim, estava o que parecia ser uma ovelha ou um bode, recentemente morto.
Não mais assustado do que enojado e irritado, eu fui logo protestando que aquele não era o acordo que eu e Speece havíamos feito quando eu prometi participar de sua apresentação e possívelmente escrever um artigo sobre isso. Minhas reclamações foram ignoradas.
Quando o carro parou 20 minutos depois, eu fui puxado para fora do porta-malas. O capuz que eu havia retirado da minha cabeça estava de volta ao seu lugar. Meus pulsos e tornozelos foram amarrados com faixas de plástico, e eu fui colocado no chão ao lado do carro. A música foi desligada, e tudo que podia ouvir era o som de uma pá sendo empurrada contra o solo, como se um buraco estivesse sendo cavado. Ninguém no grupo soltou uma palavra.
Alguns minutos mais tarde, um outro carro parou por perto, e eu ouvi algo sendo descarregado. Eu percebi que era um caixão de madeira quando os três homens me carregaram para dentro dele e o fecharam. O tempo todo eu estava irritado, dizendo para a equipe que não haveria mais coluna, apenas uma ligação para a polícia. Eu gritei que se Speece era um dos envolvidos, a chance dele conseguir alguma publicidade de graça estava sendo arruinada. Eu nunca recebi uma resposta.
Nesse momento, o medo começou a me apertar e, embora eu estivesse perdendo a razão, comecei a me preocupar que aquilo não fosse mais um jogo, ou um passeio fictício de terror. Eu achei que tivesse entrado dentro de uma armadilha de alguma pessoa perturbada. Eu estava suando e meu coração batia forte.
O caixão estava sendo colocado dentro do buraco no chão, e eu ouvi terra sendo jogada por sobre o esquife enquanto os sons da superfícia ficavam abafados.
Eu comecei a chorar.
Eu não sei quanto tempo eu fiquei ali, talvez 15 minutos. Pareceu ser uma eternidade. Eu não sei como conseguia respirar. Eu só sei, depois de um tempo, que comecei a ouvir o som das pás mais uma vez, e eu fui puxado do buraco e retirado do caixão.
Os homens me levaram de volta, cabeças ainda cobertas. Vi meu carro à 20 metros de distância. As chaves estavam na ignição. Um bilhete no volante dizia “Vivo”.
Eu nunca mais ouvi falar do Speece depois disso.”


Quer brincar ?


Aproveitando o post, vai sair um novo filme sobre parque de diversões!!!


Fonte: Medo B.

Reações: 

0 Responses so far.

Postar um comentário