Postado por Larissa Kiddo 0 Comments

kickassprincipal

“Três otários espancando um cara enquanto todo o resto fica só assistindo… e você quer saber o que há de errado comigo? Sim, prefiro mesmo morrer.”
Foi exatamente ao dizer essas palavras que o Kick Ass me ganhou. Até então eu só ficava pensando “Mas que ideia idiota, louvável, mas idiota… ele não sabe que isso não vai dar certo? Por que ele não para logo com isso?”. E admita, você também pensou isso quando Dave Lizewski, um adolescente com os hormônios em erupção, resolveu colocar uma roupa de super-herói, sem ter qualquer super-poder (nem super-dinheiro) para lutar contra o mal. Porém, no momento em que ele proferiu a frase acima, foi um tapa na cara de todo mundo. E aposto que muitos de nós começamos a repensar nossas atitudes.
Por superar nossas expectativas, é que Kick Ass é o nosso personagem da semana.
Trilha Sonora
A trilha sonora de Kick Ass, kick ass! Então é uma boa ir ouvindo a música tema (Stand Up do The Prodigy) enquanto chutamos alguns traseiros por aqui.


Era uma vez…
Tanto no filme, quanto nos quadrinhos, Dave Lizewski é um adolescente comum, com problemas comuns e sem nenhum grande destaque como inteligência, dinheiro ou beleza. Até que, num belo dia, ele descobre que não é necessário levar uma picada de aranha, sofrer uma mutação genética ou levar uma grande dose de radiação na cara para ter uma epifania. Em um dia como qualquer outro, ele apenas se pergunta o porquê de existir tantos fãs de quadrinhos e ninguém ainda ter resolvido colocar uma capa e uma roupa colada e virar um verdadeiro super-herói. “Se milhões querem ser Paris Hilton, com tantos fãs de quadrinhos por aí, por que ninguém quer ser o Homem-Aranha?”. Então é com uma roupa de mergulho e uma ideia na cabeça que ele começa suas aventuras.
Chutando traseiros MUITOS gordos
Depois de ter o vídeo de sua primeira grande luta no youtube, Kick Ass acaba chamando a atenção tanto de pessoas boas, como de pessoas nem tão boas assim. Big Daddy e Hit Girl, apesar de não ficarem muito impressionados com suas habilidades em artes marciais ou em qualquer tipo de luta que exista, ficaram interessados no potencial que o garoto oferecia, em sua vontade plena de brigar pelo que acha certo. Mas como nem tudo são flores, Frank D’Amico, um tipo de poderoso chefão do pedaço, acaba atribuindo ao Kick Ass o assassinato de alguns de seus homens, quando na verdade foram Big Daddy e a pequena Hit Girl (fantástica, por sinal) que deram um jeito nos caras.
Em relação à história eu paro por aqui, respeitando os leitores que ainda não assistiram ao filme e que pretendem assistir um dia.
E ele fica com a garota…
Já conhecendo a fama de lentos que os heróis têm em conseguir as mulheres que querem (como o Homem-Aranha e o Super-Homem, por exemplo), Kick Ass resolve ser diferente. Ele pode não ser o mais forte, nem o mais bonito, nem o mais inteligente, mas com certeza é o que tem mais atitude. Ele simplesmente invade o quarto de sua amada (que até então o considerava como seu amigo gay) e revela sua identidade. Ela, que não era boba nem nada, se joga em seus braços e manda ver!!! O garotão se deu bem!
Pesquisei um pouco sobre a HQ (não cheguei realmente a ler), e parece que Katie Deauxma (a namorada do Kick Ass) é um dos personagens que mais diferente entre o filme e os quadrinhos. No filme ela tem uma imagem de boa moça, que gosta de ajudar os “patinhos feios”. Já nas revistas ela faz mais o tipo “meninas malvadas”. Mark Millar, o criador, comenta que o diretor do filme Matthew Vaughn e a roteirista Jane Goldman acharam necessária essa mudança pelo perfil do público, já que normalmente as pessoas são mais otimistas em filmes e esperam que dê tudo certo. Já quem lê histórias em quadrinhos aceita mais fácil que um relacionamento pode não dar certo.
“Kick Asses” na vida real
Há alguns meses atrás um grupo de “super-heróis” começou a patrulhar a cidade de Seattle para proteger os “cidadãos comuns”, muito provavelmente eles foram inspirados pelo Kick Ass. 
Há alguns meses atrás um grupo de “super-heróis” começou a patrulhar a cidade de Seattle para proteger os “cidadãos comuns”, muito provavelmente eles foram inspirados pelo Kick Ass. O site garotas Geeks até chegou a comentar aqui : Tempos Modernos #4
Fazendo esse personagem da semana, eu lembrei dessas notícias e fui procurar saber o que deu no fim essa história. Infelizmente, como tudo o que bomba na internet, todo mundo comenta por um tempo e depois esquece. Não consegui achar mais nada depois da notícia do “nariz quebrado” (você pode ver no link que eu coloquei acima), provavelmente a história acabou por aí mesmo :/
Eu prefiro acreditar que eles continuam agindo, porém de maneira mais silenciosa e inteligente, como o Big Daddy e a Hit Girl.

Vídeos
Melhores frases do filme (inclui a que abre o post e a da Paris Hilton)
Trailer do game para PS
E para os românticos de plantão, as cenas de Dave e Katie (abre com a que ele se revela como Kick Ass)

Reações: 

0 Responses so far.

Postar um comentário